Ganhe $5 dólares de desconto aqui...
Serviço ao cliente: 00xx +15867316101   |   Ajuda
Brasil
0
 Carrinho de compras
Itens no seu carrinho de compras Quantidade Preço
Sub-Total: R$0.00
R$0.00

8 coisas que você deve saber sobre o glúten

Enquanto dietas sem glúten podem parecer ser uma tendência que veio para ficar, o quanto você realmente sabe sobre glúten? Continue lendo para saber mais.
1.
R$8.89
(2)
2.
R$10.82
3.
R$27.99

Nos últimos anos, o "sem glúten" tem sido uma das frases mais populares que ouvimos no mundo da nutrição. A opinião popular diz que o glúten é ruim, mas quando foram solicitados a explicar o porquê, muitas pessoas não foram capazes de responder. Isso pode ser porque muitas pessoas não entendem realmente o que é o glúten, mas adotaram essa percepção negativa que a mídia passa. Embora o sem glúten tenha se tornado uma moda, um objetivo final para mudar o estilo de vida, as pessoas que tem a doença celíaca e intolerância ao glúten que realmente precisam evitar o glúten, por razões médicas. Se você já aderiu a uma dieta sem glúten ou se está pensando em fazer isso, é importante certificar que você sabe todos os fatos sobre o glúten. Aqui estão vários itens importantes para levar em consideração quando você for decidir se uma dieta sem glúten é certa ou não para você.


1. O glúten é uma proteína.


Embora não seja um tipo de proteína que você usaria para construir músculos, o glúten é uma proteína que é encontrada no trigo, na cevada e no centeio. O glúten ajuda os alimentos a manterem a sua forma, e as vezes, é utilizado como um agente de ligação em outros produtos.


2. O glúten não é somente encontrado no pão e no macarrão.


Quando a maioria das pessoas pensa sobre o trigo, a cevada e o centeio, elas pensam em alimentos granulados. Embora isto seja verdade, estes ingredientes – e portanto, o glúten também – estão presentes em muitos outros alimentos e podem até mesmo serem encontrados em alguns produtos de saúde e de beleza. A cerveja, os molhos para saladas, as sopas, os cremes dentais e até os protetores labiais, podem conter glúten.


3. Você pode ter sensibilidade ao glúten, mas não ter desenvolvido a doença celíaca.


A Clínica de Cleveland explica que quando uma pessoa tem a doença celíaca, seu corpo produz uma resposta imunológica após a ingestão do glúten e não consegue digeri-lo, o que pode danificar o revestimento do estômago e causar cólicas, inchaço, diarréia, náuseas e outros sintomas. A doença celíaca também evita que o seu organismo absorva adequadamente os nutrientes que vem da sua ingestão de alimentos. É possível ter uma sensibilidade ao glúten, que se manifesta através de sintomas que são semelhantes aos da doença celíaca, com exceção da resposta imunológica.


4. Você também pode ser sensível a produtos não alimentares que contém glúten.


Embora a maioria das pessoas apresente sintomas após o consumo do glúten, também é possível ter uma reação a produtos não alimentares que contém glúten. A The National Foundation for Celiac Awareness declara que produtos como antissépticos bucais, batom e creme dental, podem desencadear reações em pessoas que tem a doença celíaca ou sensibilidade ao glúten.


5. Você não tem que remover o glúten da sua dieta (a menos que você tenha a doença celíaca).


Se você tem a doença celíaca, então é uma necessidade que você remova todas as fontes de glúten da sua dieta. No entanto, se você está se perguntando se deve abandonar o glúten apenas por uma questão de ser "mais saudável", isso não é necessário. Se você não tem nenhuma razão médica, os produtos sem glúten não vão realmente te beneficiar bastante, segundo pesquisas. Na verdade, o glúten pode realmente proporcionar benefícios para controlar a pressão arterial, manter a saúde das bactérias do cólon e melhorar a função imunológica, de acordo com Glenn Gaesser, presidente do conselho consultivo científico da Fundação Grain Foods.


6. Cortar o glúten provavelmente não vai te ajudar a perder peso.


Enquanto a maioria das pessoas acredita que a remoção do glúten da dieta vai ajudar a promover a perda de peso, pele saudável, melhor função imunológica e outros benefícios de saúde, não há nenhuma evidência científica que dê suporte para essas idéias. A Clínica de Cleveland explica que algumas pessoas podem perder peso após a remoção do glúten de suas dietas porque elas estão trocando os alimentos processados, que contem glúten, pelos alimentos não processados, integrais, e que contem mais nutrientes, como as frutas e os legumes – um ato natural que promove a perda de peso, mas não por causa do glúten em si.


7. Se você escolher cortar o glúten, você precisa ter certeza que irá receber nutrientes através de outras fontes.


Muitos alimentos com glúten também contêm outros nutrientes e vitaminas essenciais, que você pode perder se eliminar o glúten completamente. A fim de evitar deficiências ao aderir a uma dieta sem glúten, talvez você precise tomar um multivitamínico ou incorporar mais frutas e vegetais em sua dieta – eles são sem glúten, e podem ajudar a repor alguns nutrientes essenciais que você pode estar perdendo. Além disso, os grãos que não contêm glúten – como o trigo sarraceno, quinoa e painço, para citar alguns – podem ser adicionados em sua dieta para você obter mais nutrientes, incluindo o magnésio, niacina, ferro, cálcio e fibras.


8. Alimentos sem glúten não são necessariamente mais saudáveis ​​do que alimentos com glúten.


Muitas pessoas entram em um supermercado e automaticamente assumem que, porque um alimento é rotulado sem glúten ele vai ser mais saudável do que a versão regular. Este conceito não é verdadeiro, e o oposto pode ser realmente o mais provável. Alimentos sem glúten, muitas vezes contêm uma grande quantidade de sódio, açúcar, gordura saturada e calorias, e tudo isso pode contribuir para o ganho de peso. Se você prefere os produtos sem glúten, é importante verificar os rótulos nutricionais para garantir que você não iguale o "sem glúten" com o "bom-para-você".


A nutrição adequada é essencial para uma ótima saúde e bem-estar em geral. Conhecer a verdade sobre o glúten pode te ajudar a decidir se uma dieta livre desta proteína é boa para você; esperamos que este artigo tenha sido capaz de te fornecer algum conhecimento. Tenha um ótimo dia!


Compartilhe:
Related Articles You May Like
5-HTP pode ajudar com depressão, ansiedade e apetite
5-HTP pode ajudar com depressão, ansiedade e apetite
O que os seus lábios tem a dizer sobre a sua saúde
O que os seus lábios tem a dizer sobre a sua saúde
Seu Problema de Próstata não é apenas o Câncer
Seu Problema de Próstata não é apenas o Câncer
Exercícios para se manter saudável na terceira idade
Exercícios para se manter saudável na terceira idade


RELATED CATEGORIES
Artigos para o lar

Kit de primeiros socorros para casa

Produtos Alimentícios

Adoçantes naturais

Azeites e Vinagres

Bebidas

Café da manhã & Cereal

Condimentos e Molhos

Frutas Secas

Kids Foods

Lanche

Manteiga de Nozes & Patê de Frutas

Massas

Misturas para bolo

Molhos

Nozes & Sementes

Sobremesas e Doces

Temperos

Vegetais Secos

Açúcar



Produtos Produtos Alimentícios que você pode gostar:
Epic Dental Xylitol Gum
Wedderspoon Organic Raw Maunka Honey Active 16+
Bell Plantation PB2 Powdered Peanut Butter with Chocolate
Now Foods Sesame Sticks
Now Foods Organic Rolled Oats
St Dalfour Organic Green Tea Golden Mango
Cupons e Promoções
Cadastre-se
eVitamins Brasil, Direitos Autorais 1999-2016. Todos os Direitos Reservados.

Declarações feitas sobre específicas vitaminas, suplementos ou outros itens vendidos no/ou através deste site não foram avaliadas pela evitamins ou pela Administração de Comidas e Medicamentos dos Estados Unidos. Eles não são destinados a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir doenças. As informações fornecidas neste site são apenas para fins informativos. Como sempre, por favor consulte um médico licenciado antes de iniciar qualquer programa de dieta, exercício ou suplemento, antes de tomar qualquer vitamina ou medicação ou se você tiver ou suspeitar que pode ter um problema.

Política de Privacidade | Termos e Condições